Prepare-se para uma nova vida!

A Nova Zelândia possui uma filosofia de trabalho completamente diferente do Brasil.

Está sobrando emprego... Será mesmo?

Há vários fatores que fazem com que faltem profissionais qualificados para certos tipos de trabalho na Nova Zelândia. São situações como o próprio contingente populacional - são pouco mais de 4 milhões de habitantes em todo país, há também a grande evasão de nativos para a Austrália, dentre outros. Porém, tenha em mente que as vagas geralmente são para setores e profissões específicas e sem as qualificações e a experiência adequada, até os próprios cidadãos neozelandeses sofrem para encontrar um trabalho.

Certifique-se de estar com seu inglês afiado!

Não há como pensar em mudar para um país definitivamente sem saber falar a língua nativa. Ir para a Nova Zelândia sem saber falar inglês pode custar caro e muitas fazes colocar todo o seu planejamento e sucesso à prova. Não estamos falando aqui de qualificação formal, ou atestados de proficiência, como o TOEFL ou IELTS (ainda que esses possam fazer muita diferença ao buscar um emprego ou qualificação), mas sim das mínimas condições de se comunicar e se expressar para que você possa atingir as suas metas.

Dê uma olhada nas Skills Shortage Lists.

Se a sua profissão estiver em uma das listas de demanda, significa que talvez a Nova Zelândia precise tanto de você quanto você dela. Isso poderá faciliar e muito os seus processos de mudança, visto e imigração. Antes de iniciar o seu planejamento, vale a pena dar uma conferida.

Formate bem o seu currículo. Ele é SUPER importante.

No Brasil talvez o ato de enviar ou entregar um currículo não seja tão importante, uma vez que na grande maioria das vezes os candidatos nem recebem uma resposta do possível empregador. Porém, na Nova Zelândia deixar de responder um candidato, mesmo que seja para dizer 'não', não é muito comum. Os empregadores levam muito a sério os processos de contratação e ter um currículo bem formatado e condizente com os padrões neozelandeses poderá fazer toda a diferença na hora de buscar um emprego, principalmente se você irá fazer isso enquanto ainda estiver no Brasil.

A experiência conta MUITO por aqui...

Os empregadores neozelandeses valorizam muito o talento vocacional e a experiência dos seus candidatos e por vezes é comum ver pessoas com menos qualificações sendo contratadas em detrimento de outras super qualificadas, por terem uma maior e mais relevante experiência de trabalho. Não se intimide pela falta de qualificação formal - se você tem experiência em uma área de alta demanda aqui, as chances de você conseguir um emprego são realmente consideráveis.

Se prepare bem e permaneça aberto às mudanças.

São muitas as diferenças entre o Brasil e a Nova Zelândia, e se você pretende realmente fazer essa mudança, tem que se permanecer aberto a nova cultura que você está prestes a adentrar. São novos costumes, novas comidas, novos lugares, novas pessoas e uma filosofia de vida completamente diferente. Seja flexível! Isso pode ser a peça fundamental para o seu sucesso.

Quer saber mais?

Participe do nosso grupo de WhatsApp. É uma forma dinâmica e rápida de ajudar e ser ajudado por pessoas que talvez já tenham passado pelo mesmo momento que você está vivendo agora!

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseSpanish